Títulos Protestáveis

Qualquer título formal de cobrança pode ser protestado: contrato de aluguel, câmbio e alienação fiduciária, duplicatas mercantil, de serviço e rural, direta ou por indicação, cédulas de dívida ativa e de crédito bancário, notas promissórias, sentenças judiciais, letras de câmbio, confissões de dívida, cheques, encargos condominiais, e outros documentos de dívida.

Consulte abaixo nossa seleção de títulos protestáveis:           

  • Contrato de abertura de crédito
  • Contrato de alienação fiduciária
  • Contrato de arrendamento mercantil
  • Cédula de crédito bancário por indicação
  • Contrato de câmbio
  • Cédula de crédito bancário
  • Cédula de crédito bancário industrial
  • Cédula de crédito comercial
  • Cédula de crédito industrial
  • Cédula de crédito a exortação
  • Cédula de crédito rural
  • Contrato de compra e venda
  • Confissão de dívida – apenas para fins de falência (declaração do devedor)
  • Certidão de dívida ativa da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municípios e das respectivas autarquias e fundações públicas
  • Certidão de dívida ativa por indicação
  • Contrato de prestação de serviço educacional
  • Certidão de dívida
  • Contrato de financiamento
  • Contrato de fomento mercantil
  • Contrato de financiamento de veículo
  • Cheque
  • Contrato de aluguel de imóvel, bem como encargos acessórios firmados pelas partes
  • Cédula hipotecária
  • Conta judicialmente verificada – verificação de livro de empresa
  • Contrato de mútuo
  • Cédula rural pignoratícia hipotecária
  • Cédula de produto rural
  • Conta de prestação de serviço (p.ex. profissional liberal)
  • Cédula rural hipotecária
  • Cédula rural pignoratícia
  • Certidão expedida pelo cartório de notas/registro relativa a valores de emolumentos e demais despesas devidas pelos atos praticados
  • Conta de serviço
  • Contrato
  • Contrato garantido por hipoteca, penhor, anticrese ou outro direito real de garantia
  • Contrato garantido por caução
  • Contrato de seguro de vida em caso de morte
  • Contribuição ordinária ou extraordinária de condomínio
  • Crédito decorrente de foro e laudêmio
  • Decisão judicial transitada em julgado
  • Distrato de promessa de compra e venda
  • Distrato de locação
  • Documento de dívida
  • Documento particular assinado pelo devedor e por 2 testemunhas
  • Duplicata de venda mercantil (original ou por indicação)
  • Duplicata rural (original ou por indicação)
  • Duplicata de prestação de serviço (original ou por indicação)
  • Escritura pública ou outro documento público assinado pelo devedor
  • Honorários advocatícios
  • Instrumento de cessão de crédito
  • Instrumento de transação referendado pelo Ministério Público, pela Defensoria Pública, pela Advocacia Pública, pelos Advogados dos Transatores ou por Conciliador ou Mediador credenciado no Tribunal
  • Letra de câmbio
  • Nota de crédito comercial
  • Nota de crédito à exportação
  • Nota de crédito industrial
  • Nota de crédito rural
  • Nota fiscal de conhecimento de carga de transporte
  • Nota promissória
  • Pronunciamento judicial que determina o pagamento de dívidas de alimentos
  • Termo de acordo (p.ex. ação trabalhista)
  • Triplicata de venda mercantil
  • Triplicata de prestação de serviço
  • Warrant
  • Qualquer documento representativo de obrigação econômica